Iniciar

Para iniciar esta Página, faça um clic na foto.
Navegue....e mergulhe, está num rio de águas límpidas!

sexta-feira, 29 de maio de 2015

VITELA DE LAFÕES




Este fim de semana, em Vouzela!



quarta-feira, 27 de maio de 2015

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

Vão-se afirmando, pelo País e pelo Mundo e são cartão de visita e orgulho de São Pedro do Sul , de Lafões e do Termalismo de Portugal!
Parabéns, a quem as serve e a quem as vai projectando para o Futuro com passos certos!




domingo, 24 de maio de 2015

QUADRA GULOSA

                                                               Pasteis de Vouzela!



E já lá vai quase um mês
que se apartaram de mim
venham até cá outra vez
ou dá-me coisa ruim!

CONFLITO NA UCRÂNIA

UMA VISÃO PESSOAL SIMPLISTA E SEM TRINCHEIRAS
Os americanos nunca foram anjinhos celestiais, a par de muito boas acções,  têm feito muita "borrada", decorrente das decisões que, a cada momento, os seus sucessivos Presidentes vão tomando. Que fique, desde já, manifesto esse ponto.

Antes de continuar, terei que lembrar que, ainda os americanos estavam fechados no seu casulo estratégico, já as tropas de Putin, alarmadas com os sinais de aproximação da Ucrânia ao Ocidente, mormente com o seu desiderato de entrada na UE, anexavam a Crimeia (sem discutir da legitimidade histórica de posse daquele território), e entravam com tropas nos territórios ucranianos, a partir da fronteira comum. Eu não sei, de facto, e, nesse ponto, até terão razão os que acusam a CS de pouco ou nada dizerem, se há 900 militares americanos em Kiev. Mas, havendo-os, será a pedido ou com a conivência do Governo daquele País. Que, ninguém o contestará, qualquer país tem o direito, à luz dos acordos internacionais,  para pedir auxílio militar a outro Estado, para sua defesa, sempre que é agredido, ou violadas as fronteiras do seu território, por outro. Estarão lá 900 americanos, poderiam estar dois milhões, de americanos, espanhóis, franceses ou malteses. É um direito que assiste à Ucrânia.
Mas, o problema não reside aí. É bem mais profundo e com velhas raízes. E,  tem um nome. Chama-se Putin, um beligerante, nos actos, nas palavras, nas ameaças, um homem  formado no KGB, e todos os que, como ele, são saudosistas do grande Império Soviético e quem vai faltando capacidade para interiorizarem que os Estados que constituíam a União, são agora livres e soberanos e não devem qualquer obediência ao Kremlim, para lá de terem liberdade para escolher os seus modelos políticos e parceiros económicos.
O Muro foi derrubado, há muito, O Império Soviético, também, e,  por mais que os "Putins" deste Mundo, sonhem e espicacem o saudosismo das doutrinas em que foram catequizados, essa quimera do comunismo internacionalista, dono do Mundo, por mais romântica que haja sido para muitos, não passou duma utopia, cuja falência foi comprovada, mesmo naqueles países que ainda hoje se arrogam herdeiros desses sistemas políticos, mas que, na prática, abandonaram há muito tempo.
Putin que se preocupe em desenvolver a Rússia e abandone as estapafúrdias ideias provocatórias e  expansionistas,  que, além do mais, já não terá o dinheiro nem os meios que os ditadores soviéticos que ainda o possam inspirar,  tiveram,  para financiarem braços "controleiros", de que ainda há resquícios por aqui e por ali,  com o símbolo da foice e do martelo, por esse Mundo, de que pensavam ser os Reis Sol vermelhos, a marcharem ao som da Internacional!
A História não perdoa. O Tempo, também não. E é outro!

A Ucrânia é um país livre, tem instituições eleitas pela maioria do seu Povo. Que o Putin "os largue da mão"! Para que a Rússia seja respeitada e a Paz, também!

sexta-feira, 22 de maio de 2015

FORMIGAS E CIGARRAS


  Lá nos ficámos, mais uma vez, e já são muitas, à porta do Festival da Eurovisão!
  Nos tempos que correm por cá, a hora pede outras músicas, que é mais hora de sermos formigas que cigarras!

CEM SAÚDE...

wink emoticon

... e SEM SENTIDO!


Incrédulo! Não creio que Maquiavel fizesse melhor!
Nós sabemos que, a nível dos cuidados de Saúde, andamos a viver em serviços mínimos. Ninguém desconhecerá da gritante falta de médicos nos Centros de Saúde. Ou porque estão de baixas constantes ou porque, pura e simplesmente, não são contratados em número suficiente. Sabemos até que, algumas dessas Unidades, pouco mais são, na prática, que balcões administrativos emissores de receitas, a troco de três euros.
Sabemos, também, que o Serviço Nacional de Saúde nem sempre tem correspondido satisfatoriamente às necessidades das populações que serve, por força dos condicionalismos financeiros a que o País vem sendo sujeito, provocados pelos desmandos económicos de governos de décadas, mas, com mais acuidade, pelos governos de José Sócrates, que, não há como escamotear os factos, deixaram as Finanças exauridas e o Povo á míngua.
Essa tem sido a realidade sentida nos últimos quatro anos, em que todos os sectores da vida nacional, se viram constrangidos ao aperto do cinto que nos libertasse das amarras dos credores e do cutelo sem Alma dos Mercados.
Vir, agora, António Costa, AQUI ,  a quem temos ouvido, repetidamente, dar fé de que não fará promessas que não possa cumprir, acenar com a criação de cem novos Centros de Saúde, dá-me legitimidade para pensar que não há volta a dar-lhes. Que as idilicas promessas, cabeludas de quarenta anos, foram institucionalizadas, vicio permanente de campanha eleitoral.
O actual líder do PS, que aspira a ser poder, e foi o nº 2 de Sócrates, a cuja governação, ainda há dias teceu loas e hinos de glória, ter-se-á esquecido de que foi nesses mandatos que mais serviços de saúde foram encerrados? Onde estava, o que disse, quando, a partir de 2006, se encerravam Maternidades pelo País? Quando se fecharam SAP por tudo quanto era Interior de Portugal, em especial na Região Centro? Não o ouvi apoiar as populações de Valença, de Melgaço, de Vouzela e de tantas outras Vilas e Cidades, a quem foi sonegado o direito de se adoecer de noite! Qual foi a sua reação perante a grandiosidade das manifestações e revolta das Gentes de Anadia a quem retiraram as Urgências, no início de 2008?
Que não responda. Nós sabemos.
E, sabemos, também, porque temos memória, de como acabam as promessas eleitoralistas, sempre que o seu Partido tem sede de poder!
Que, o melhor contributo que poderá dar aos Centros de Saúde, mais de os multiplicar às centenas, é contribuir para que este País vá em frente e recupere do ciclo infernal em que, muitos dos seus quadros que o ladeiam, o lançaram, ao invés de boicotarem medidas que possam alcançar esse desiderato.
Então, sim, teremos dinheiro para contratação de médicos para os Centros de Saúde num rácio que satisfaça as necessidades dos utentes.
Que, mais do que Centros de Saúde a brotarem da demagogia como cogumelos, do que necessitamos mesmo, e com urgência, é de valorizar e suprir as lacunas dos que já estão implantados no terreno!
Por mim, acredito tanto nesta promessa, como acredito na que, com este seu afã de conquistar votos, poderá culminar com António Costa a prometer 70 virgens no Céu, aos que nele votarem e não sobreviverem nesta nossa terra que vem sendo delapidada pelos apóstolos da desgraça!

quinta-feira, 21 de maio de 2015

segunda-feira, 18 de maio de 2015

NENHUM CAMPEÃO MERECE


..... ver a sua festa manchada por umas dezenas de arruaceiros que a grande Família benfiquista e o Desporto no geral, bem dispensariam!
Nem o Benfica merecia o opróbio daquela minoria provocadora e violenta,  no Marquês, AQUI, nem a PSP o comportamento de um de um dos seus elementos, AQUI que, a crer nas imagens de Guimarães, não é compatível com a racionalidade no uso da força que lhes é ministrada no seio daquela Instituição.
Ambos, mais o Desporto, não mereciam!


Alegria atraiçoada
não há nada que a reponha
a Águia vitoriada
não merecia tal vergonha!
                   
Vouguinha

Comunicado do Presidente do S.L. e Benfica:

"Devo um agradecimento muito especial a todos os benfiquistas que, de norte a sul do país, de Timor a Luanda, de Paris a Toronto, festejaram a conquista deste título.
As imagens que vi pela televisão, as imagens que presenciei ao vivo em Guimarães, no Porto ou em Lisboa deixam-me orgulhoso porque demonstram a dimensão do Clube, a sua grandeza, mas principalmente a grandeza dos seus sócios e adeptos.
Este título não foi ganho contra ninguém, é um título de todos aqueles que gostam de futebol. É um título de todos os benfiquistas, estejam eles onde estiverem.
Devo confessar igualmente alguma frustração. A frustração de quem já viu as imagens da criança que em Guimarães assistiu à detenção do pai de forma violenta e sem razão aparente, a frustração de quem viu os incidentes que interromperam os nossos festejos no Marquês nesta madrugada.
O futebol não pode pactuar com qualquer tipo de violência, é preciso apurar responsabilidades. É preciso que os responsáveis pela violência da noite passada sejam identificados e punidos. O futebol não precisa dos que ontem provocaram as cenas que vimos.
Vi milhares de jovens, centenas de crianças, famílias inteiras a festejar no Marquês. Foi para isso que trabalhámos durante todo o ano, foi para isso que idealizámos tudo o que foi preparado no Marquês. Infelizmente, uma minoria tentou estragar tudo aquilo que preparámos. Não sei se são benfiquistas ou apenas um grupo de vândalos profissionais. Sejam o que forem, têm de ser responsabilizados pelo que fizeram. O futebol não precisa deles.
Quanto às forças de segurança, também há imagens que devem merecer a atenção e a abertura de inquérito por parte do Ministério da Administração Interna. É preciso apurar se, não houve, em alguns momentos, excessos por parte das forças de segurança.
A minha palavra final é um apelo para a comunicação social. Não reduzam as celebrações do 34.º título de campeão nacional do Sport Lisboa e Benfica aos incidentes da madrugada. A equipa não o merece, e os adeptos – 99,99% – também não!”

quarta-feira, 13 de maio de 2015

TROMBETAS HELÉNICAS


Mesmo que os lamentemos e temamos os danos colaterais, com os erros dos outros, também nós vamos aprendendo e precavendo!
Realço, deste debate sobre a situação grega, nos últimos anos, a instabilidade política como uma das causas para o grave problema económico que se vive naquele país desta Europa unida.
Os Mercados, esses fariseus a que não podemos fugir, que são como os dolorosos Invernos a que não podemos escapar,  só acreditam em governos sérios e que tenham programas exequíveis e não em divindades alienadas e sedentas de poder, que oferecem o Céu na Terra, e nos dizem que, até ao horizonte, é tudo nosso o que a vista alcança,  a troco dum papelinho na urna, para, pouco depois, nos lançarem no abismo, de que são especialistas, em que se viciaram e vêm fazendo História!
Interessante é reflectir com os participantes deste debate:

terça-feira, 12 de maio de 2015

EM NOME DAS TETAS


Quem, ontem, depois do que ouviu no "Prós e Contras", se convenceu que o Sindicato dos Pilotos atirou a toalha ao chão, poderá estar a tirar ilações precipitadas.
Em todas as guerras, sejam quais forem os exércitos que se digladiam, qualquer avisado comandante sabe recuar, na iminência duma batalha perdida. Depois, com mais gente e novas as armas, e foi notória a facilidade com que estes sindicalistas as inventam, voltam de novo à luta, às greves.
Não desarmam, como não desarmarão os sindicatos das outras empresas públicas, como a Carris, o Metro e transportes marítimos e outras, que, convença-se quem quiser, para mim, não há outra motivação para estas lutas que não seja tentarem impedir as privatizações e concessões de exploração a privados.
Eles poderão supor, eles e quem, eventualmente, lhes vai manobrando os cordelinhos, mais os que os apoiam por estratégia partidária, que tendo o Público milhões de donos, acaba por não ter patrão nenhum e que as melhores tetas são as do Estado, as nossas!
Como, palpito, poderemos comprovar nos próximos dias, semanas e meses!

VOUZELA CONVIDA...


... e tem por tradição saber receber quem a visita!
Uma sugestão para quem quiser conhecer melhor como se trabalha e festeja naquela Vila histórica, que celebra os 100 anos das já afamadas FESTAS DO CASTELO!



Comemorações dos 100 anos das Festas do Castelo from Vouzela Motion on Vimeo.

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Parabéns, OLIVEIRA DE FRADES!


Oliveira de Frades, uma das três princesas de Lafões, tem motivos para estar orgulhosa. O seu GDOF acaba de se sagrar campeão do Futebol Distrital e ganhar, desde já, o passaporte para os Nacionais, por onde já militou e brilhou na Taça de Portugal!
Terras pequenas, com coração grande!

Parabéns ao Clube e aos oliveirenses!






Imagem: Página oficial do GDOF

sexta-feira, 8 de maio de 2015

ÁREA VOCABULAR

Humor,  para um fim de semana de boa disposição!

DIA DO BURRO


 Neste Dia Internacional do Burro, que, ao contrário do que se vai dizendo, não estão em vias de extinção, pelas notícias que se vão lendo e ouvindo, terão sido lastimosos os resultados das Provas de Avalição dos Professores LER AQUI, e cuja divulgação por parte do Ministério da Tutela, terá causado a indignação do sindicalista Mário Nogueira AQUI, também se ficou a saber que, ao invés do que jornalistas e comentadores  iam apregoando pelas televisões, dando novas da subida dos Trabalhistas por terras do Reino Unido, mantendo a tese do empate técnico quase atá eo fecho das urnas, foram os Conservadores os destacados vencedores.
De facto, há notícias que não deviam ser anunciadas neste dia consagrado aos asininos, se, por mais não fosse, pelo respeito que nos merecem os profissionais competentes, isentos e devotados ao seu mister que, felizmente, ainda temos neste nosso País de contrastes!

Mesmo que, alguns, mereçam esta homenagem no dia que lhes é consagrado:

quarta-feira, 6 de maio de 2015

MOLAS HIPÓCRITAS


Quando, de há uns dias a esta parte, fui dando conta, nas redes sociais e órgãos de comunicação social, do impacto e repulsa que um tal Vieira, professor universitário, economista e bloguista, ( AQUI ) estava a despertar, não dei grande importância ao facto, que, pelo espaço virtual que as novas tecnologias consentem, nos deparamos,  a cada olhar, com reles manifestações de racismo e xenofobia e oriundas de vários quadrantes étnicos e de continentes diversos.
Por norma, passo ao lado, fujo da leitura e do ambiente lôbrego de animalismo primário desses manifestos.
Precisamente por isso, pela frequência de casos similares, estranhei a forma como este caso particular do tal blogueiro, foi agarrado com tanta força e que dele se fizesse bandeira mediática.
Fui ver, ler e tentar desbravar a linguagem confusa, que a minha limitada literacia não me permitiu ler mais longe, de imagens de estilo que, à primeira apreciação, me pareceram inspiradas nalguma série de ficção extra terrena, tipo guerra das estrelas ou, recuando nos milénios, cenas das cavernas dos primórdios da Humanidade.
No essencial, mesmo respeitando que o autor é livre de dizer o que lhe vai na mente, até asneiras e acepção de ideias fora do padrão comum, enojou-me, na mesma medida, tanto o que li por lá, como as centenas de manifestos racistas com que nos deparamos neste mundo virtual.
Mas, precisamente pela proliferação de escritos desta natureza, sem que lhes seja concedido qualquer eco, ou suscitado tanto melindre, ao contrário deste, avancei na leitura dos "pensamentos" deste indivíduo, na sua vertente de economista e encontrei a mola que fez saltar, sobretudo, os mosqueteiros da rosa e outros arregimentados para este caso.
E, fiquei mais convencido que contra atacaram, não pela tese de Economia que o homem estampou no Blogue, e, imagino, pelo conteúdo dos livros por si publicados, que para esses não teriam eficaz diapasão, nem aplausos. Fizeram-no saltando-lhe ao suposto calcanhar miserável corroído pelo racismo que, para esmagadora maioria deste Povo, é uma abjecção.
Por mim, rejeitando liminarmente os ideais que revelou a propósito da vida humana, mesmo que sejam imagens pouco conseguidas, no meu conceito de Sociedade Humana, só há uma Raça , nas suas diversas etnias, não deixaria de subscrever, nos limites do meu parco entendimento de matéria económica, algumas das receitas que sugere para as Finanças de Portugal.
A vida é assim. Ninguém é perfeito. E, é da natureza humana, no interesse de alguns, quando alguém tem alguma qualidade que inveje ou não convenha, urge abatê-lo, atacando-o pelos defeitos!
Daí, supor que, entre tantos estúpidos manifestos desta natureza, de racismo declarado, que só não lê quem não quer, por tantos espaços e de origens diversas,  tenha só este sido o eleito como bandeira, porque o blogueiro poderá estar a incomodar muita gente com a outra sua faceta de economista!
Terá sido esta a mola. Que há molas hipócritas!...

sexta-feira, 1 de maio de 2015

VOOS RASTEIROS

ANTES E DEPOIS?!
Esperemos que assim não seja. Para bem deles próprios e de todos nós!





Tudo em nome do radicalismo  de "trabalhadores" que se poderão ter deixado manobrar por ideólogos partidários, ao ponto de prejudicarem outros trabalhadores.
Queixam-se muitas mulheres que o seu maior inimigo são as próprias mulheres. Bem, por vezes,  se podem queixar milhares de trabalhadores que os seus maiores inimigos são algumas centenas de outros "trabalhadores"....