Iniciar

Para iniciar esta Página, faça um clic na foto.
Navegue....e mergulhe, está num rio de águas límpidas!

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

DIÁLOGO DE EX-COMBATENTES...

... CURVADOS À MEMÓRIA DUM CAMARADA QUE MUDOU DE ESPAÇO

Em memória e homenagem ao Cor. e ex-Capitão João Carlos Miranda Ventura das Neves Barata, o nosso "Comandante" Barata.
R.I.P.
ARTUR VICENTE " Por considerar oportuno, vou registar, aqui, uma passagem que tive com ele em cenário de guerra. Fomos a uma base In, não me lembro agora da data, sei que foi no tempo seco. Não me lembro se tu, Branquinho, tb fizeste parte, com os "teus G.ES". Não havia água. Sempre tive grande resistência à sede. O CMDT Barata estava com dificuldade, devido à sede. Dava-lhe água do meu cantil, ( a dose era uma tampa cheia, de cada vez), para ir molhando os lábios. E assim foi resistindo até final. Não sei se estiveste presente e ou se ouviste falar.
Só para avaliares o sofrimento de toda aquela gente, foram evacuados de helicóptero, vários homens, devido à desidratação. Situações difíceis, que nos vêm ao pensamento, todos os dias. Em fila indiana ao chegarmos ao aldeamento do Sitate, houve um soldado, que desatou a correr, para ir à procura de quem lhe desse água. Abraço Branquinho."
Caro companheiro e amigo Artur Vicente. Mesmo, de há algum tempo a esta parte, não me sentir, intimamente, confortável em relembrar episódios daquela guerra com barbas brancas, atendendo ao momento em que recordamos um Homem que ombreou connosco, nas veredas de capim e que trilhou as mesmas picadas, vou responder-te e sacar do cantinho da memória passagens daquela caminhada de verdes anos que resistiram à inclemente borracha do tempo.
Nessa Op que referes, não me lembro de ter participado, pelo pormenor de ter metido helicópteros e eu ter ainda bem presente as três únicas situações a que a eles recorri e que não contempla essa que descreves.
Contigo, ainda eu estava no 14, lembro-me duma perseguição que empreendemos a um grupo In que acabara de emboscar uma força autotransportada, salvo erro de Bilibiza, entre Ancuabe e Moja, em finais de 1970. E recordo-a, mais pelo caricato duma situação. Depois de algumas horas de marcha, seguindo um trilho deixado pelos atacantes, deparámo-nos com uma dezena de palhotas. Fizemos o cerco e quisemos antecipar a incursão no acampamento com uma bazucada. A bazuca, penso que herdada da 2ª Grande Guerra, era composta por dois largos tubos, do tipo do das águas da EPAl . O apontador tentou o disparo e aquele monte de ferros, nem um "clic" fez. Constatámos, depois, que o acampamento já estava deserto.
Com o "Comandante Barata", embora, já nos G.E., tenha feito algumas (poucas) Ops conjuntas, pois, por norma, operávamos sós, não me recordo dele ter participado. Fiz, sim, ainda em finais de 1970, duas ou três acções com ele, nas imediações do Rio Montepuez.
Uma delas, com objectivo de alcançarmos o Destacamento "António Enes" (dependente da Base Manica), que um milícia localizava no Monte Marrata, junto ao Rio, tenho-a bem presente. Chegámos ao anoitecer às imediações do monte. Pernoitámos a uns 300 metros do objectivo, para avançarmos de madrugada, assim que um galo do mato cantasse ( ;) ). Cerca da meia noite, o In lançou um very Ligt que fez do escuro dia, à nossa volta. Tinham-nos detectado, apesar dos cuidados e do silêncio que observávamos. O milícia, o que conhecia o objectivo e era o guia, abeirou-se de mim, que sabia ser o único que lhe perceberia algumas palavras macuas e apontando para um soldado, dizia-me "uchapa, uchapa"! Traduzindo, o militar assustou-se com o brilho do very light e havia largado uns suspiros traseiros.
Assim que surgiu a primeira luz, avançámos em formação de batida em direcção ao monte, onde só encontrámos as barracas de capim e um ou outro objecto sem interesse, abandonados na fuga do In.
Encetámos a perseguição e, como eu conhecia a zona de Ops anteriores, ia à frente, com o tal milícia. Ao afastar o capim alto, já junto ao Montepuez, cortei-me num dedo que sangrou abundantemente e onde o cola-adesivos me colocou um penso.
O "Comandante Barata" aproveitou para comunicar com o Cmdt Pardal que já havia inquirido antes pelo desenrolar da Op e, num tom irónico, enquanto me olhava para o dedo, informou o Comando que o único ferido era o Branquinho,e sorria discretamente.
Criámos, a partir dessas OP, alguma cumplicidade e amizade que se fortaleceu quando, a seguir, fui comandar o G.E. 201, estacionado em Muaguide, onde ele comandava a Companhia.
O que mais tenho presente dele, era a preocupação latente com o pessoal que comandava e que dizia querer devolver às famílias de corpo inteiro.
Abraço, companheiro Vicente.
R.I.P. COMANDANTE BARATA!

sábado, 28 de janeiro de 2017

TRUMP E OS SEUS IGUAIS!

Eu não gosto dele. Pelo estilo e pela maioria das medidas. Com isso, pode ele bem. Com o que eu penso e com o que pensam os tuguinhas que o elegeram como pólo de diversão, para que ceguem perante o que lhes vai portas adentro.
Ainda assim, tão igual ele é aos comentadores, políticos, manifestantes arrebanhados e outros de amorfa mioleira que se recreiam no novo filme "Caça ao Trump"!...
Talvez acordem, quando se derem conta que, afinal, as ideias do homem não são assim tão estranhas e controversas,como os seus controleiros esquerdistas do nosso País lhes inscreveram no chip do pensamento.
Vejamos:
- Trump desvaloriza a Nato <---> certa Esquerda, passa os dias a gritar a e a manifestar-se. FORA A NATO!;
- Trump quer proteger as empresas do seu país e o emprego dos americanos <---> certa Esquerda, quer nacionalizar tudo quanto é empresa, afugentando o investimento estrangeiro;
- Trump é acusado de pretender enfraquecer e destruir a União Europeia e o Euro <----> certa Esquerda, passa o tempo a gritar FORA O EURO e a pugnar pela saída de Portugal da União Europeia;
- Trump promete que os EUA vão deixar de ser os polícias do Mundo (foram e mal, em algumas situações) e intervir menos nos conflitos regionais <----> certa Esquerda, passa os dias, acusando os americanos de serem os senhores do Mundo e os causadores de todos males que há no Planeta.
- Trump recusa-se a continuar a investir e a ser o defensor da Europa face a ameaças externas <----> certa Esquerda acusa os americanos de me imiscuírem nos assuntos e conflitos da Europa;
Mais se poderia enumerar de entre os pontos comuns das ideologias trumpistas e das nossas esquerdas caseiras.
Ainda assim, reconheço que há um ponto em que, de facto, há uma diferença notória entre Trump e alguma Esquerda portuguesa. É que, enquanto o actual Presidente dos EUA pretende estancar a entrada de droga no seu território e filtrar a entrada de estrangeiros no seu País, certa Esquerda portuguesa, até defende a liberalização de certas drogas e a entrada, sem filtro, de tudo o que demanda este País.
Se as diferenças não são assim tão evidentes, parem de pensar tanto no que se passa extramuros e olhem, melhor, sem vendas nos olhos, para o caminho que o nosso torrão vai seguindo.
Mesmo que haja interesse em que continuem distraídos!
Que, afinal, como já alguém disse, também eu considero tão perigoso o Trump como os seus detractores! 

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

TOMA LÁ QUE É DEMOCRÁTICO!


Bem diz o Maior que a crispação acabou!

PENSAMENTO DE FIM DE SEMANA

Se o Santo Papa diz que "Não há fogo no Inferno", para que andam os políticos portugueses a comprar fatos de amianto?!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

DOIS PESOS...

... E DUAS MEDIDAS! LER AQUI

  Alguns políticos, e não só, são uns pândegos. Passam o tempo a acicatar as hostes para o escândalo dos altos salários dos gestores privados. Até,  habituais e credenciados comentadores dos Media, redes sociais e doutros palanques mediáticos, muito pessoal se insurge, mesmo não saindo do bolso público, contra o escândalo que são alguns proventos do pessoal de topo nessas empresas de iniciativa e de investidores particulares.
 Nacionalizam e, depois, fazem aumentos desta monta!
 E, pelos vistos, cala-se a grossa fatia da Comunicação Social e calam-se todos os cruzados contra o Privado neste País, mesmo que este propalado aumento para os gestores públicos seja, por si só,  bem mais substancial do a pensão de reforma da maioria dos portugueses!

É que o dinheiro no Privado é ouro. No Público, é do Povo e não vale nada...


HINO AO VOUGA

Tem um toque de balada coimbrã, este Hino ao Vouga, que dá gosto e não cansa ouvir!
Video de João Damas, com a devida vénia!

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

O XADREZ DA TSU

Eu entendo que as empresas e os empresários necessitem de estímulos e de um sinal para que o investimento não se arraste pelas ruas da amargura no nosso País. Do mesmo modo, entendo que o Salário Mínimo deveria ser aumentado, pelo menos, acompanhando a inflação, além da justiça que lhe está inerente, como estímulo a um melhor índice de produtividade.
O que eu não entendo nem aceito é que sejamos nós, contribuintes, por via quase directa, que é disso que se trata com a contrapartida da baixa da TSU, a pagarmos esses aumentos.
Fazer flores, uma pose brilhante para a fotografia, à custa de todos nós, pode configurar manigância politica e não é sério jogar nesse tabuleiro.
Sejam estes ou outros os jogadores do nosso xadrez!

sábado, 21 de janeiro de 2017

INCÊNDIO EM MOÇÃMEDES

Imagem triste, este flagrante, captado por familiar do Vouguinha2, do incêndio que, em 17 de Janeiro deflagrou, pela manhã, numa habitação de Moçãmedes e de que resultaram ferimentos no seu proprietário, quando tentava combater as chamas e a cujo sinistro ocorreram elementos da Corporação de Bombeiros de Vouzela!



ORGULHOSAMENTE SÓS!

Orgulhosamente, sós!
Onde e quando foi que eu ouvi isto?!




sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

TRUMP TOMOU POSSE

 Independentemente da simpatia ou antipatia que tenhamos pelo homem e pelas ideias que manifesta, só uma pergunta: o TRUMP vai concorrer às próximas Eleições Autárquicas em Portugal?!
É que ouço e leio tantos comentadores, tanta gente anónima e tantos políticos a desancarem no homem, que me chego a convencer que nos tentam desviar os olhos da peçonha que temos na nossa casa, entretendo-nos a levantar os tapetes das casas dos outros!
É que, enquanto se olha para o longe, não se vai vendo o que temos mesmo junto aos nossos pés!

VOX POPULI

O Calor dilata os corpos, o Frio encolhe os corpos e dilata as facturas de gás e electricidade!





A LUZ AO FUNDO DO TÚNEL

Os políticos, de todos os quadrantes, andam há décadas a proclamar que já vêem uma luz ao fundo do túnel. 
Eu também a vejo, como nesta foto de há dois ou três dias atrás, mas é num túnel das minhas origens por onde já se viram as fumarolas e ouviram os silvos dos velhinhos comboios a vapor.
E que, agora, jaz, frio e imprestável como muita da classe política que tem governado este País.

Mas, façamos justiça, ao contrário da do País, no túnel do meu torrão natal, a luz ao fundo é mesmo real.... vê-se! Em São Miguel do Mato, Vouzela!




terça-feira, 17 de janeiro de 2017

FADISTA VISEENSE

O Fado não se vive e sente apenas em Lisboa e Coimbra. Há Fado e uma jovem e talentosa fadista, em Viseu!
MARIA PEDRO, que já o cantava com 10 anos de idade!

Aos 10 anos:

FORA DE JOGO

Estou a ouvi-los. Voltámos ao País da Alice, o das Maravilhas! ESTE
Com a mesma arrogância verbal e numa linguagem de debates futebolísticos.
Patuá de verbo fácil e mistificação em temperaturas altas, em dias que até vão frios.....
Em Portugal, desafiamos a máxima de que as mesmas águas não passam duas vezes por debaixo da mesma Ponte. As águas podem não passar, mas repetem-se os mesmos logros políticos... com os habituais preocupantes resultados finais....
E, enquanto se vendem tretas ao desbarato, a Dívida galopa, galopa, e tem que ser paga, mesmo que alguns pensem que o problema se resolve matando o cavalo!
A Política, assim, está fora de jogo!

domingo, 15 de janeiro de 2017

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

SEI DE UM RIO

Sabemos de muitos e das suas margens. Esta melodia, e a soberba interpretação, é um rio onde me deu imenso prazer mergulhar e que o Vouguinha terá gosto em ter junto a si!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

"TEM-TE, NÃO TE CAIAS!"

 Bem sabemos que é uma Torre, em Pisa, mas bem que podia ser Portugal, ou a própria Europa.
 Estão os três: "TEM-TE, NÃO TE CAIAS"!

domingo, 8 de janeiro de 2017

R.I.P. DANIEL SERRÃO


Faleceu esta madrugada  um dos grandes vultos da nossa Medicina. AQUI
Daniel Serrão, de origem transmontana, mas que fez grande parte da sua vida no Porto, tinha 88 anos de idade.
Para lá de patriota e português dedicado à Sociedade, este investigador notabilizou-se pelo desenvolvimento da Ética e Bioética e noutras áreas da Medicina a quem legou muitos ensinamentos e avanços.
Recordemo-lo com a gratidão que nos conquistou e que Repouse na Paz que merece!

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

PÁTRIA MADRASTA?


Registem na memória: o PS, o paladino da Escola Pública, acaba de chumbar na AR uma proposta que visava a implantação de escolas portuguesas em todos os países lusófonos e nas áreas consulares em que residam pelo menos 200 mil portugueses. (friso bem: países lusófonos ou onde habitem pelo menos 200.000 portugueses) Os seus parceiros da geringonça, PCP e BE, ao estilo de Pilatos, abstiveram-se!

Daqui a uns anos, como é habitual, ninguém estranhe ouvir o PS ou os abstencionistas proclamarem que a culpa desta lacuna é da Direita ou do anterior Governo!
O que me leva a interrogar-me se esta Minha Pátria ainda é a Língua Portuguesa!

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

O DIABO E AS CULPAS

Os Juros em subida preocupante?
Não passa nada. São coisas de alarmistas, que até o Grande Professor já deu uma corrida em pêlo ao Diabo que andaria por aí!
Além do mais, há sempre uma saída airosa, quando batermos com o nariz na relva. A culpa é da Direita ou do anterior Governo e, se o desaire for de monta, até da arbitragem!

DO OBSERVADOR

CÓDIGOS DOS POBREZINHOS

TRIBUNAIS DE VOUZELA E OLIVEIRA DE FRADES

Congratulemo-nos. Os Tribunais de Lafões, cujos pratos haviam sido retirados, vão voltar à sua balança.
Vouzela e Oliveira de Frades recuperam as suas bancas da Justiça, mesmo que com competências bem limitadas. Assim, na esfera Cível, limitam-se a questões que não ultrapassem valores de 50.000 euros, enquanto no foro Penal, se ocuparão apenas de crimes cujas penas não ultrapassem os 5 anos de prisão.
Como se usa dizer por terras do Vouga, do mal o menos. Será uma Justiça de braço curto, de meia manga, para "pobrezinhos" do Interior, mas bem melhor do que não haver Justiça alguma!




terça-feira, 3 de janeiro de 2017

VAMOS CANTAR AS JANEIRAS

À moda da terra lafonense que me viu nascer e onde as boas  tradições se mantém!
Sem grandes pompas, sem artifícios, mas com a simplicidade e a alegria das suas gentes!

QUO VADIS, SOCIEDADE?

Toda a Gente é pessoa!
Mas, morrem drogados, morrem bêbedos e pedófilos, morrem desonestos e perversos ícones da Juventude, e, porque são artistas ou são famosos, todo o Mundo os chora.
Morrem pessoas que passaram a vida a fazer o Bem, morrem honestos, mecenas, médicos e professores, tantos mais, que levaram toda uma vida a cuidar dos outros, morre tanta gente de Alma espelhada, e todo o Mundo os ignora.
Venham-me , depois, com a parábola do Bem e do Mal. Ainda alguém acredita ou vivemos numa Sociedade Hipócrita?!